Apoio ao TCC: sugestões de bibliografia sobre construção sustentável

Companheiros de Aldeia,

Já faz algum tempo (3 anos) que leciono para a gradução das Engenharias  do Centro Universitário Metodista Izabela Hendrix, o que me enche de orgulho e agradecimento a esta instituição que me acolheu. O que começou com a disciplina de Direito Ambiental e Sanitário na Engenharia Ambiental e Sanitária tomou um rumo maior quando, a partir de uma visão compartilhada entre os coordenadores e eu  sobre a necessidade do conhecimento da variável ambiental também em outros cursos, levou-me a dar aulas na Engenharia Civil e Engenharia de Produção (o que me deixa muito feliz pela oportunidade).

Motivo de felicidade maior ainda é que tenho visto um aumento da temática ambiental como objeto principal dos Trabalhos de Conclusão de Curso – TCC, alguns destes onde inclusive atuo como orientador de conteúdo.

Justamente para auxiliar neste momento tão delicado da vida do aluno, que é a escolha do tema e levantamento bibliográfico, publico mais um post como apoio aos TCCs, apresentando sugestões de bibliografia .

Este post tem como tema macro a construção sustentável. O próximo será sobre produção sustentável.

Esta é uma lista que espero não se esgote . Qualquer um que leia este post está convidado a citar nos comentários, caso conheça, publicações relevantes sobre o tema, que garanto a inclusão na listagem principal.

No mais, bom trabalho aos alunos que pesquisarão sobre construção sustentável. Saibam sempre que pelas regras da sala de aula terão o meu apoio.

————————————————-

livro_greg_kats

Livro: “Tornando nosso ambiente construído mais sustentável – Custos, Benefícios e Estratégias” – Greg Katspdf  – (SECOVI-SP) – De autoria do norte-americano Greg Kats, uma das maiores autoridades da atualidade no estudo dos aspectos econômicos relacionados ao ciclo de vida de empreendimentos imobiliários sustentáveis, a obra busca desmistificar percepções erradas como a de que o custo adicional das construções ambientalmente corretas pode chegar a 17% –  http://www.secovi.com.br/files/Downloads/livro-tornando-nosso-ambiente-construido-mais-sustentavel-greg-katspdf.pdf

Construindo Cidades Verdes: Manual de Políticas Públicas para Construções Sustentáveis – ICLEI – Brasil – http://www.iclei.org.br/polics/CD/P1/1_Manual/PDF1_Manual_port_baixa.pdf Continue lendo

Anúncios

MMA promove capacitação sobre eficiência energética de prédios

Interessados devem se inscrever pelo e-mail eemudancadoclima@mma.gov.br. Encontros serão realizados em seis capitais.

Por: Lucas Tolentino – Editor: Marco Moreira

mmaO Ministério do Meio Ambiente (MMA), em parceria com a Escola de Administração Fazendária (Esaf), oferecerá 240 vagas para interessados na certificação de eficiência energética de edifícios. Os cursos e oficinas ocorrerão em Brasília, Belém, Belo Horizonte, Curitiba, Recife e Rio de Janeiro a partir do dia 10 de março.

As inscrições podem ser feitas pelo e-mail  eemudancadoclima@mma.gov.br com até três dias de antecedência da oficina ou do curso. Cada turma tem 30 vagas e é destinada às equipes de engenharia e manutenção de órgãos públicos de todo o país. O objetivo é sensibilizar os profissionais para a etiquetagem de eficiência energética, conforme o Programa Brasileiro de Etiquetagem (PBE), e o rebatimento desse processo nas licitações.

METODOLOGIAS

Com caráter prático e duração de quatro horas, as oficinas apresentarão metodologias de extração de dados para a etiquetagem dos sistemas com o objetivo de analisar o custo-benefício a partir de situações reais.

Já os cursos têm 16 horas de encontros presenciais e quatro horas na modalidade de educação a distância. Entre os conteúdos, estão o histórico do processo, a certificação no contexto dos pregões públicos e os cálculos de etiqueta geral.

SAIBA MAIS

A Etiqueta PBE Edifica faz parte do Programa Brasileiro de Etiquetagem (PBE) e foi desenvolvida em parceria entre o Inmetro e a Eletrobrás/PROCEL Edifica. As etiquetas podem ser obtidas para edificações comerciais, de serviços, públicas e residenciais. O selo atesta que o prédio atende aos requisitos de desempenho e, em alguns casos, de segurança estabelecidos em normas e regulamentos técnicos.

Atualmente, o PBE é composto por 38 Programas de Avaliação de Conformidade em diferentes estágios de implantação, que incluem desde a etiquetagem de eletrodomésticos como fogões e geladeiras até os automóveis e edificações. As etiquetas prestam informações sobre o desempenho e a eficiência energética dos produtos.

CRONOGRAMA

Oficinas

Belo Horizonte – 10 de março

Brasília – 10 de março

Rio de Janeiro – 16 de abril

Curitiba – 24 de maio

Cursos

Rio de Janeiro – 13 a 15 de abril

Curitiba – 21 a 23 de maio

Belém – 2 a 4 de junho

Recife – 9 a 11 de junho

Assessoria de Comunicação Social (Ascom/MMA) – Telefone: 61.2028 1227

%d blogueiros gostam disto: