Pacto pela preservação do Rio São Francisco

Pacto pela preservação do Rio São Francisco
05/04/2012

Pacto pela preservacao do Rio Sao Francisco - Depam

Carta de Pirapora e um pacto entre o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional – Iphan, o Instituto Chico Mendes de Biodiversidade – ICMBio, a Assembleia Legislativa de Minas Gerais, o Projeto Manuelzão, o Instituo Estadual de Florestas – IEF-MG, e o Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco, foram os principais resultadodos do Seminário Rio São Francisco – Patrimônio Cultural e Natural, realizado em Pirapora, no Norte de Minas Gerais, dias 30 e 31 de março, promovido pelo Jornal Hoje em Dia, com patrocínio do Governo de Minas e da Companhia Energética de Minas Gerais – Cemig. Entre conferencistas, técnicos de instituições públicas, professores universitários, estudantes e sociedade civil, foi debatida a preservação de bens culturais e naturais ligados ao Velho Chico, com destaque para as localidades em Minas Gerais.

Ao final do encontro, os participantes deram um abraço simbólico na histórica ponte Marechal Hermes, interditada desde 2007, para valorizar sua importância cultural e solicitar ao Iphan que viabilize meios para sua preservação. Também foi declarada a intenção de inscrever o Rio São Francisco na lista do Patrimônio Mundial, uma vez que ele é carismático e está totalmente em terras brasileiras. O Seminário produziu também a Carta de Pirapora, que sela o pacto pela preservação do Rio São Francisco, definindo ações estratégicas a serem implementadas. Continue lendo

Copasa e Codevasf firmam convênio para o rio S.Francisco

Copasa e Codevasf firmam convênio para o rio S.Francisco

A Copasa acaba de firmar convênio com a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba – Codevasf para garantir o saneamento de municípios mineiros localizados na bacia do Rio São Francisco. Com isso, a empresa fará parte dos esforços envidados na revitalização do “Velho Chico”.  O documento foi assinado nesta 5ª feira (7/7), durante 19ª Plenária do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco, na cidade de Petrolina/PE.
Nesta primeira etapa, a Copasa se comprometeu a assumir os serviços de esgoto dos municípios Medeiros, Três Marias, Guarda Mor, Jaíba, Várzea da Palma, Lagoa dos Patos, Catuti, Quartel Geral e Morada Nova de Minas, para garantir o bom funcionamento dos sistemas. Os municípios, por sua vez, firmaram o compromisso de transferir os serviços de esgoto para a Copasa assim que forem cumpridos os trâmites legais para a transferência.
O convênio garante, ainda, a transferência de tecnologias da Copasa, nas áreas de engenharia e projetos, bem como a execução, fiscalização e operação de empreendimentos relativos ao sistema de esgotamento sanitário, até que a empresa assuma por completo os serviços de esgoto desses municípios.

Somente na implantação dos sistemas de esgotamento sanitário de Medeiros, Três Marias, Guarda Mor, Jaíba, Várzea da Palma, Lagoa dos Patos, Catuti, Quartel Geral e Morada Nova de Minas foram investidos, pela Codevasf, com recursos do Orçamento Geral da União – OGU, mais de R$ 40 milhões.

A solenidade de assinatura do convênio contou com as presenças do ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho; do diretor presidente, Clementino de Souza Coelho e do diretor da Área de Revitalização das Bacias Hidrográfica, Guilherme Almeida G. de Oliveira, pela Codevasf; e, pela Copasa, do diretor presidente, Ricardo Simões e do diretor Técnico e de Novos Negócios, Carlos Gonçalves de Oliveira Sobrinho.

%d blogueiros gostam disto: